Notícias

Ministra destaca contributo de Agostinho Neto na Administração Pública após Independência

O papel e o contributo do primeiro Presidente de Angola na Administração Pública foi destacado pela ministra Teresa Rodrigues Dias, numa palestra realizada em homenagem ao Dia do Herói Nacional, assinalado a 17 de Setembro.

Durante o seminário foi abordado o Percurso Histórico da Gestão de Recursos Humanos em Angola: Antes, Durante e após Independência, onde ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social destacou que a evolução do sector em Angola inclui a trajectória do primeiro presidente do país, sem estar desajustada, por ser transversal a todos os órgãos.

A ministra referiu que o Programa da Reforma Administrativa (PREA) tem dado sinais de que a administração pública está a ser mais simplificada e menos burocrata.

Considerou que para se atingir a excelência na administração pública, deve-se trabalhar mais com dedicação, empenho e garantir o entendimento entre as equipas para que os estudos feitos contenham a visão de todos.

“Muito tem-se feito na Administração Pública angolana para que sejam quebrados os padrões da gestão tradicional dos Recursos Humanos, que actuam na maior parte das vezes, no cumprimento de rotinas administrativas e burocráticas, como a elaboração da efectividade, preparação e pagamento das remunerações ou benefícios e avaliação de desempenho”, disse a ministra.

Teresa Rodrigues Dias destacou que por esse motivo, torna-se imprescindível a adopção de políticas de gestão de capital humano que estejam alinhadas as necessidades estratégicas da Administração Pública, com o desenvolvimento e a necessidade dos funcionários públicos e agentes administrativos.

A titular da pasta do MAPTSS acrescentou que sem aposta no capital humano, os resultados dificilmente ocorrem e tornam-se poucos sustentáveis.

A ministra realçou que o capital humano desempenha um papel fundamental para o andamento da máquina administrativa, desde a sua fase embrionária, estendendo-se por todo este tempo e mantém-se em funcionamento, mesmo com o actual contexto pandémico, onde a maioria do funcionários públicos e agentes administrativos se manteve activo.

Teresa Rodrigues Dias reconheceu que a Administração Pública opera dentro de uma conjuntura económica e complexa, que está em contínua mudança. Neste sentido, prosseguiu que tem sido acentuada a importância de possuir recursos humanos motivados e competentes, que sejam capazes de proporcionar bons resultados.

“Devemos manter o espírito de entrega, paixão pelo que fizemos, solidariedade, profissionalismo, respeito ao património público, para atingir a excelência. Cada um de nós é responsável pelo crescimento e desenvolvimento da Administração Pública, augurando sempre o desejo de se melhor a cada dia”, realçou.

A ministra Teresa Rodrigues Dias reconheceu que a Administração Pública teve momentos difíceis e hoje continua com um percurso e caminhada, pensando sempre no bem fazer e melhorar.

Após a Independência, realçou, a Administração Pública teve uma fuga de quadros, porque uma parte do pessoal foi cumprir o serviço militar obrigatório.

E na medida que o tempo foi avançando, disse, a máquina administrativa foi se ajustando para melhor servir o cidadão, a vida é dinâmica, e com a adopção tecnológica às coisas vão melhorando.

Fonte: GTICI / MAPTSS

Você está aqui: Home SIAC Em destaque Notícias Ministra destaca contributo de Agostinho Neto na Administração Pública após Independência